Voltar ao menu.Voltar ao conteúdo principal.
Navegação pelas seções de usuário.Latam Airlines

Os cães de serviço podem viajar junto com o passageiro?

Sim. Se você tem alguma deficiência visual, física ou auditiva, problemas de equilíbrio, diabetes ou epilepsia, pode viajar junto com seu animal de serviço (cão) na cabine do avião em todas as nossas rotas, exceto onde exista restrição devido às normas locais. 

Algumas considerações para o transporte de seu cão de serviço:

  • Ele deve usar um distintivo oficial (cartão ou placa) ou algum documento que certifique que é um animal de assistência ou que esteja em fase de treinamento para ser cão-guia. 
  • Ele pode viajar em seus pés ou debaixo de seu assento da cabine sem obstruir corredores, e não pode ser colocado nas saídas de emergência.
  • Ele deve usar coleira ou peitoral, estar limpo, sadio e ter bom comportamento.

Viagens saindo de, para ou via os Estados Unidos

Devido às normas do DOT (Department of Transportation) dos Estados Unidos, para viajar com um animal de serviço saindo de, para ou via os Estados Unidos, você deve completar o Formulário de Transporte Aéreo; no caso sua viagem tenha mais de 8 horas de voo, também é necessário preencher o Formulário de Testemunho (para baixar e visualizar os dois formulários, é necessário o Adobe Acrobat Reader). Depois, enviá-lo através do Formulário de contato, 48 horas antes da partida do seu voo.

Para o Departamento de Transporte, o animal de serviço é o cão que está treinado para trabalhar ou realizar trabalhos de assistência a uma pessoa com deficiência, seja física, sensorial, psiquiátrica, intelectual ou outra deficiência mental. Você pode ver detalhes no Site oficial do Governo dos Estados Unidos

Com algumas exceções com parâmetros de conformidade rigorosos, desde 14 de Julho de 2021, o CDC (Centers for Diseases Control and Prevention) restringe a entrada nos Estados Unidos de cães provenientes de países com alto risco de contágio por raiva, ou que estiveram nesses países nos últimos 6 meses antes da entrada no país. Aplica-se a cães na cabine, cães de assistência, e cães viajando no porão, independente da raça.

Nestas condições, a LATAM mantém restrito o serviço de transporte de animais de estimação, viajando a partir de países de alto risco de contágio para os Estados Unidos. No entanto, de acordo com a atualização do CDC, que se aplica a partir de 10 de junho de 2022, há exceções para o transporte de cães provenientes de países com alto risco de raiva, desde que todos os requisitos detalhados sejam atendidos.

Importante: para cães provenientes de países que não se encontram na lista de países de alto risco de contágio por raiva, não há alterações nos processos para solicitar o serviço.:

  • A idade mínima para viajar é de 4 meses de idade. 
  • Os pets devem estar em ótimas condições de saúde para viajar e chegar aos Estados Unidos;
  • O certificado de vacinação contra o vírus da raiva é fortemente recomendado

Rotas com restrições sanitárias

Existem ainda algumas restrições sanitárias em alguns países de destino ou conexão como Galápagos, nos quais o transporte de animais não podem ser feitos na cabine ou no bagageiro. Neste caso, você pode levar seu cão de serviço pela LATAM Cargo.

Informe-se sobre a documentação necessária para transportar seu cão de serviço em nossa seção Necessidades especiais - Animais de assistência

 

¿Te ayudó esta información?

¿Necesitas más ayuda?

Envíanos tu solicitud y nos comunicaremos contigo.